Matéria Especial Benficanet -->  11/05/2017
O Bem e o Mal

221 acessos

Não te deixes vencer pelo mal, mas vence o mal com o bem. Rm 12,21

Falemos alguma coisa sobre extremos: o bem e o mal, tema que muitos e competentes filósofos desenvolveram ad nauseam. O assunto é inesgotável, vou pôr minha colher de pau, sem pretensões maiores do que gastar poucas linhas. É mister pedir que me concedam o benefício de pelo menos tentar escrever sobre tão instigante tema.. Eu, por exemplo, me considero bom homem, e reconheço que tenho graves defeitos, sempre procuro vencê-los pelo cansaço e aplicação do salmo 140 que diz: “Ponde, senhor, uma guarda na minha boca. E uma sentinela à porta dos meus lábios. Não permitais se incline ao mal o meu coração”.

É grandiosa a eterna luta, o dilema do Bem e do Mal.

Avatares, sábios, filósofos, magos, bruxos e sacerdotes estudam, examinam batalham, digladiam e jamais esgotam todas as facetas desta problemática que envolve a humanidade desde o alvorecer dos tempos.

Aprendi a ler nas entrelinhas, nas frases colhidas aqui e ali, e vamos desvendar as trilhas desse gigantesco embate, de forças tão antagônicas e poderosas que procuram o controle do Universo.

É uma viagem fantástico penetra nas profundezas de nosso id, sobrenada a nosso ego e emerge ao Eu. Eu e você aprendizes temos de filosofar, raciocinar, com a velocidade do pensamento. Temos que fazer a escolha entre o bem e o mal. Que o Grande Arquiteto do Universo nos ilumine nessa viagem filosófica.

Aprendizes somos;  conscientes estamos de que temos  muitas viagens a fazer, mundos a percorrer, esferas a ascender, evoluir  seguindo as ordens do Mestre dos Mestres que disse claramente: “Na casa do meu Pai há muitas moradas”.

Consideremos que o Planeta Terra é uma das moradas. E aqui se passa a maioria dos dramas e fatos da história. E nós passageiro transitórios, temos que nos aperfeiçoar, pois não há outra opção.

Quem vencerá: o mal ou o bem?

Seja como for, quero dar uma alerta: O bem e o mal são lados de uma só moeda, e o que acontece, muitas vezes confunde os dois: ora, o bem é mal; ora, o mal é bem. Tudo depende do foco. Em nós reside um tanto de d.r Jekyll e outro de senhor Hyde, como no conto O Médico e o Monstro. E voltamos ao velho princípio metafísico: “O que está em baixo está em cima”.

O importante é o conhecimento.

Aliás, como no oráculo de Apolo: Nosce te ipsum [Conhece-te a ti próprio].

Seguem excertos sobre o bem e mal para exame dos leitores e leitoras:

O mal e o bem disputam a posse do coração: A tristeza e a Alegria são o quinhão predestinado do Homem. Não viva no terror dos planetas. Os planetas são mil vezes mais impotentes que nós. (Omar Khayaam).

...como Deus sereis conhecedores do bem e do mal (Gn 3,5).

O homem é mau por natureza. Sua bondade é adquirida (Husün-tzu).

Se o poder do maligno fosse tão pequeno, como pretendem alguns, o mundo não teria precisado que a própria divindade descesse até ele, ou estaria em poder do homem tornar o mundo bom, o que não aconteceu até o dia de hoje (Jung).

Seja qual for a posição metafísica do Diabo, o Mal, no âmbito da realidade psicológica, significa uma limitação efetiva e mesmo ameaçadora do Bem, de modo que nada adianta dizer que não é somente a noite e o dia que se contrabalançam, neste mundo, mas também o Bem e o Mal, e que este é o motivo pelo qual a vitória do Bem implica sempre numa atuação especial da graça (Jung).

Fazer o bem a vilões é jogar água ao mar (Cervantes).

O bem, o mal é tudo igual (Shakespeare).

Ninguém pratica o mal só pelo mal. Até o diabo tem suas razões e cada qual julga as suas mais fortes (Inré Madach).

Se alguém pratica o bem, que reincida e se regozije nele, pois do bem resulta deleite. (Budismo).

Nada é comparável a bondade (Jatacas).

O homem superior busca o que é correto; o inferior, o que é lucrativo (Confucionismo).

Melhor que aquele que conhece a retidão é aquele que ama a retidão (Confucionismo).

Atem-te ao que é bom, e o povo será bom. A virtude do homem bom é como o vento, e o vício do homem mau é como a relva; quando o vento sopra, a relva se inclina (Confucionismo).

Hipocrisia, soberbia, presunção, ira, aspereza e ignorância, tais são os vícios de quem nasceu na condição demoníaca (Hinduismo).

Três são s portas do inferno destruidor do ser: a luxúria, a ira e a avareza (Hinduismo).

Não sustentes que não exista coisa como o bem ou o mal, porém que existem o bem e o mal (Jainismo).

Qualquer bem que faças Alá o sabe (Maometismo).

Se fizerdes o bem, o fazeis para vossas próprias almas; se fazeis o mal, é a vós que o fazeis (Maometismo).

Sê persistente na boa conduta (Maometismo).

O bom implica na idéia do mau; e o belo implica na idéia do feio (Taoísmo).

Entre o sim e o não quão pouca é a diferença entre o bem e o mal, quão grande é a diferença (Taoísmo).

O caminho do céu é imparcial, mas ele favorece os bons (Taoísmo).

Com se pode estabelecer uma norma para distinguir o certo do errado? (Xintoísmo).

Não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse faço (Rm 7,19).

O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males (1Tm 6,10).

De coisas más não podem sair coisas boas (Hinduismo).

Não acompanharás a multidão para fazer o mal (Judaísmo).

Não maquines o mal contra teu próximo (Judaísmo).

O caluniador arruína três pessoas: o caluniador, o ouvinte e o caluniado (Judaísmo).

O coração do homem lhe transforma o semblante, quer para o bem, quer para o mal (Eclesiastes).

O perdulário é irmão do diabo (Maometismo).

Aos justos, a paz e o bem (Pr 13,21).

Infeliz é o homem que não pode distinguir entre o bem e o mal (Judaísmo).

Aquele que não faz o bem, bastante mal já faz (R. C. Trench).

Quem procura o mal, este o atingirá (Pr 11,27b).

A ninguém pagueis o mal com o mal (Rm 12,17).

O mal não subsiste por si, decorre da privação do bem (Cristianismo).

Ver e ouvir os maus, já é começar maldade (Confucionismo).

O homem é determinado invencivelmente ou para o mal, pela corrupção natural, ou para o bem pelo Espírito Santo (Santo Agostinho).

Se o bem fosse apoiado por Deus e o mal pelo demônio, o bem há muito já teria triunfado (João Uchoa Cavalcanti Neto).

Procurar atalhar o mal desde o princípio, porque se agravar com contínuas demoras, tarde chegará o remédio (Ovídio).

A crença na ressurreição dos mortos, tal como era professada pelos persas, foi transmitida aos judeus. De acordo com a religião de Zoroastro, haverá um julgamento último, durante o qual todos os mortos ressuscitarão. Cada alma reconhecerá e encontrará todo inteiro o corpo ao qual estivera unido nesta vida. Assim, segundo tenha sido bom ou mau, irá com este corpo ao Paraíso ou ao Inferno, para aí receber a recompensa ou o castigo que merecer. Depois desta grande prova, o mal desaparecerá, não haverá mais Inferno, os mortos ressuscitados serão todos purificados e gozarão em espírito e matéria, uma felicidade eterna (Zend-Avesta, T. II).

Dizer que o Mal é mera privatio boni nada mais é do que negar a antinomia Bem-Mal. Como se poderia falar de um ‘bem’, se não existisse igualmente um ‘mal’? Como falar de um ‘claro’ sem um ‘escuro’? de um ‘em cima’, sem um ‘embaixo’? A conclusão inevitável é a de que, se atribuirmos um caráter substancial ao Bem devemos também atribuí-lo ao Mal (Jung).

No mundo tal como ele é quem reina é o mal (Renan).

Segue bela composição de Túlio Dek

Bem ou Mal

O começo e o fim
Podem ser iguais,
Depende de quem vai achar uma resposta
A inveja que mata
Não me afeta mais
Pois o que conquistei
Tem o direito de ser meu


A vida é curta demais
Pra sempre reclamar
E não correr atrás
Dos sonhos que almeja
O que você me diz
Não me afeta mais
Pois o que conquistei
Tem o direito de ser meu

Entre o bem e o mal
A escolha certa
Pouco tempo pode ser demais
Pra quem sabe o que quer
Pra quem respeita a vida e a si mesmo
O tempo sempre muda cada vez mais
E dentro de você
Existe o bem e o mal e a escolha certa

Túlio.
Então faça a sua escolha logo e se decida,
Vai querer o mal ou bem pra sua vida?
O tempo é muito curto, não pode demorar
Escolha qual caminho você vai querer trilhar
Tudo nessa vida é merecimento
O que a brisa leva, volta com o vento
Se não se decidiu, então corra atrás
Entre o bem e o mal, eu fico com a paz.

Fragmentos de textos de filósofos sobre a problemática do bem e do mal:

Heráclito – nós vemos os opostos (bem e mal). Deus vê harmonia.

 Demócrito – a bondade não é uma questão de ação; depende do desejo interior do homem. O homem bom não é o que pratica o bem, mas o que deseja praticá-lo sempre.

Protágoras – "o homem é a medida de todas as coisas". Cada um tem o direito de determinar, por si, o que é o bem e o que é o mal.  

Sócrates – o mais elevado bem que se pode medir tudo é o conhecimento.

Platão – o mundo dos sentidos doutrinava ele, é irreal, transitório e mutável. Eis o mal. O verdadeiro mundo das idéias puras e imutáveis é o do bem.

Aristóteles – o bem é a atitude racional para com as sensações e os desejos.  

Estóicos – o mais alto bem do homem está em agir em harmonia com o mundo. 

Santo Agostinho – o mal é ausência do bem, da mesma maneira que as trevas são a ausência da luz.

Abelardo – justiça e injustiça de um ato não estão no ato em si, porém na intenção de quem o pratica.

 Santo Tomás de Aquino – o mais elevado bem é a concretização de si mesmo conforme Deus ordenou.

Thomas Hobbes (materialista) – aquilo que agrada ao homem é bom e o que lhe causa dor ou desconforto é ruim.

Espinosa – o esforço de se preservar é um bem; o que entrava esse esforço é um mal.

Graham Green – Onde Deus está mais presente, lá também se encontra o Seu inimigo; e, ao invés, no lugar de onde o inimigo está ausente, desesperamos por vezes de encontrar Deus. Seríamos tentados a crer que o Mal não é senão a sombra projetada do Bem, na sua perfeição, e que nós conseguiremos um dia compreender a própria sombra.

 
  
   Comente!

___________________________________________________________________________________________________________
© direitos reservados desde 2008 -  benficanet.com - contato@benficanet.com