Matéria Especial
SALVEM O INSTITUTO DE LATICÍNIOS CÂNDIDO TOSTES - 04/02/2014

2156 acessos.

     Todos sabem que Belo Horizonte nutre uma folclórica idiossincrasia por Juiz de Fora, decorrente do fato de que a Manchester Mineira nasceu 50 anos antes, cantando "salve a Princesa de Minas, salve a bela Juiz de Fora, que caminha na vanguarda, do progresso estrada afora". Também saiu de lá, o toponímico adágio 'cariocas do brejo". As discriminações são constantes e às vezes, de má fé.
     Quando funcionários da EPAMIG de Belo Horizonte entraram na Justiça do Trabalho reivindicando direitos, a EPAMIG deu como bens à penhora, o Instituto Cândido Tostes em Juiz de Fora. Não fosse Itamar Franco o governador de Minas Gerais, o imóvel seria leiloado.
     Agora, uma situação semelhante: a EPAMIG promete realizações no ILCT e não as cumpre. A solução: lideranças políticas e empresariais de Juiz de Fora deveriam cerrar fileiras para que o Instituto Cândido Tostes seja transferido pelo estado de MG, à Prefeitura de Juiz de Fora, a fim de que a tradicional entidade possa continuar cumprindo seus objetivos.
     Para o governo do estado será um alívio, porque a EPAMIG não tem meios orçamentários para mante-lo em perfeito funcionamento. Transferido à Prefeitura de Juiz de Fora, o Instituto Cândido Tostes será útil de fato, ao município e à Zona da Mata.
     Caso contrário, num futuro não muito distante, será mais um casarão abandonado e a prova de desinteresse da Prefeitura em solucionar a questão.

M.R. Gomide - jornalista

Comentários:

Joalser - Juiz de Fora / EUA - 03/03/2014
E os nossos representantes os Sr.s deputados estaduais? Teriam eles que representar a voz do povo de Juiz de Fora nessa importante ocasião.
  
    Comente!
© direitos reservados desde 2008 -  benficanet.com - contato@benficanet.com